Milhouse goes to Linux

Linux sem complicações

Conclusões do sono polifásico

A algum tempo atrás, postei no blog quatro queijos, sobre sono polifásico, e eu tentei usar este método (agora com teoria). Vamos lá, as minhas conclusões.

Recomendo ler estes 2 posts antes Sono polifásico 1 e Sono Polifásico 2

Na época q eu estudava no Senai (técnico em eletrônica), passava por épocas q tinha que me adaptar ao método de sono polifásico. Como o Aldemir Silva comentou no blog do Bender, estava praticando involuntariamente. Naquela época, eu não conhecia a teoria, mas na pratica deu alguns resultados.

Por semana, tinhamos 7 relatórios para entregar. Alguns relatórios, para se ter uma ideia, tinham mais de 30 paginas, some a isso os períodos de prova (sendo que o Senai é semestral e integral), o resultado é que tinhamos q espremer todas as nossas horas disponíveis para concluir todos as tarefas e sobrar um tempinho para gozar (em ambos os sentidos) a adolescência.

Nas semanas de prova, eu chegava em casa por volta das 18h30, devorava algo, tomava banho e caia no sono. Dormia das 19h30 até as 21h mais ou menos.

Das 21h até as 3h30 da madrugada, estudando, tomando café e fazendo relatórios. Comia algo em torno das 2h30, e as 4h dormia de novo e só acordava as 5h30.

No Senai, tinhamos 8 Aulas diárias de 50 minutos cada, a cada 2 aulas tinha um intervalo de 15min, e o almoço (depois de 4 aulas) era de 1h30. Então, almoçava rápido, (menos de meia hora), e usava o resto do tempo para estudar e tirar um cochilo, de meia hora.

O Senai Anchieta, ficava na Vila Mariana, então, voltava de metro (eu moro na Vila Maria) e aproveitava o metro para descansar (quando conseguia lugar).

Este ciclo durava 2 meses, mas o rendimento não fica 100%, mas deve beirar próximo dos 85%. Comparado com o tempo ganho (21h e meia), mostra que é realmente vantajoso.

Muitos pode dizer que dormem 4h por dia, e eu dormir 3h30 não é tanta vantagem assim, mas tem que perceber que meu rendimento é constante, ao longo do dia todo, e muitas vezes, estes cochilos "intermediários" servem para manter o rendimento alto.

Continuarei a falar sobre este assunto breve, com minhas experiências atuais.

Anúncios

maio 25, 2006 - Posted by | conversa de bar, nerdcore

5 Comentários »

  1. SENAI é fogo. Eu tive um colega que dormia 50min por noite e depois descontava em chochilos relâmpagos na aula.

    Hoje ele tá tri bem empregado na China.

    Comentário por Bender | maio 25, 2006 | Responder

  2. Assim como havia dito lá no Bender, também pratico involuntariamente esse tipo de sono. Só que preciso ser mais disciplinado pra conseguir uns resultados como o seu.

    O chato é que ainda continuo cochilando no meio das aulas.

    Abraço.

    Comentário por Aldemir Silva | maio 29, 2006 | Responder

  3. […] muitos relatos na Internet sobre pessoas que viraram adeptas do sono polifásico e outras que não conseguiram se acostumar – seja porque não aguentaram o sofrimento dos 15 dias […]

    Pingback por Como virar um corujão funcional « tzbishop2k e ChemonZ | março 7, 2008 | Responder

  4. Sou estudante de esducação física, pratico o sono polifásico e estou fazendo estudos sobre a relação sono polifásico – funções cognitivas e corpo. quem puder me ajudar com relatos, eu ficarei muito grato.

    oliveiramarcoaurelio@bol.com
    http://www.orkut.com.br/Main#ProfileC.aspx?uid=12242225873975694749

    Comentário por Marco Aurélio | novembro 20, 2008 | Responder

  5. Muito interessante este assunto, espero que faça mais posts sobre isto…

    Valeu!…

    Comentário por Moasley | julho 5, 2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: